top of page
CUIDAR E EDUCAR.png

O Grupo de Pesquisa Latics, da Universidade Federal de Campina Grande, campus Cajazeiras-Paraíba e Universidade Federal da Fronteira Sul, campus Laranjeiras do Sul-Paraná, há oito anos contribui com o processo formativo de graduandos de diversos cursos a partir de uma perspectiva interdisciplinar ao articular principalmente as grandes áreas da saúde e do ensino, nas esferas do ensino, extensão e pesquisa.
O Latics trabalha em especial com construção, testagem de evidências de validade e a avaliação de tecnologias cuidativo-educacionais, com vistas ao empoderamento de todos os atores, usuários da Rede de Atenção à Saúde, estudantes e profissionais da saúde, bem como gestores do Sistema Único de Saúde (SUS), envolvidos no processo de compartilhar novos saberes em saúde.
Como o percurso para a consolidação dos espaços de prevenção de agravos e promoção da saúde ampliado ainda encontra obstáculos, estruturais e financeiros, para a sua real implantação e implementação, nota-se a necessidades de discussões que abordem e ressignifiquem a interdisciplinaridade do processo cuidativo, observando o sujeito, família e comunidade inseridos em um território vivo e plural, tendo por base as reais necessidades de saúde, bem como coparticipantes e protagonismo na elaboração dos planos de cuidados, os quais, com base nessa articulação horizontal entre quem cuida e quem é cuidado, poderá facilitar o empoderamento desses atores sociais e, por sua vez, o estabelecimento de ações cuidativa éticas, altruístas, colaborativas e de forma a convergir com as questões culturais.

 

Os autores.

Clique e faça o download

A velhice é uma fase da vida que apresenta desafios e complexidades para todos os indivíduos. Entretanto, para as pessoas LGBTQIAPN+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgêneros, transexuais, travestis, Queer, Intersexo, Assexuais, Pansexuais, Não-binários e “+” para outras identidades e ou orientações sexuais), essa etapa da vida pode ser marcada por desafios adicionais, muitas vezes resultantes de discriminação, estigma e falta de compreensão por parte da sociedade e dos serviços de saúde. A partir dessa problemática, passamos a nos dedicar à elaboração deste e-book. Este produto técnico tecnológico foi desenvolvido pelos autores dentro do Programa de Mestrado Profissional em Saúde da Família (PROFSAÚDE) na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Como produto técnico e tecnológico, o e-book tem a finalidade de ser um instrumento de promoção da saúde inclusiva, destinado aos profissionais de saúde e, principalmente, à comunidade idosa LGBTQIAPN+, que enfrenta desafios específicos relacionados ao envelhecimento.
Dentro desse olhar consideramos que a promoção da saúde inclusiva é uma abordagem que reconhece e valoriza a diversidade de experiências e necessidades dentro de uma população. No contexto do envelhecimento LGBTQIAPN+, a inclusão significa ir além do reconhecimento básico das identidades de gênero e orientações sexuais, significa também entender e abordar os desafios específicos que esses indivíduos enfrentam, desde o acesso aos cuidados de saúde culturalmente competentes até a mitigação do isolamento social e da discriminação.
Ao destacar esses desafios de forma acolhedora e inclusiva, este e-book visa fornecer informações, recursos e estratégias práticas para apoiar a saúde e o bem-estar da população LGBTQIAPN+ mais velha, promovendo práticas e posturas assistenciais mais inclusivas e compassivas ao envelhecimento com enfoque na Atenção Primária à Saúde (APS)

Clique e faça o download

image.png

O livro “Universidade, comunidade e práticas em saúde”, nasceu de experiências de educação vivenciadas na formação em enfermagem, mas não dentro dos muros da universidade e, sim junto a comunidade, em uma relação dialógica do saber fazer que permeia a enfermagem como ciência e acolhe os saberes populares característicos do modo de andar a vida no semiárido potiguar. Em meio ao sertão, por muitas mentes e mãos impulsionadas e esperançadas por aprender, por ensinar e por fazer valer o papel social da universidade junto as comunidades nos territórios, junto a trabalhadores e as trabalhadoras de saúde, mentes e mãos empenhadas em fazer a diferença para os cidadãos e cidadãs do semiárido.

Uma das premissas da Educação em Saúde é buscar a melhoria da qualidade de vida e de saúde das pessoas. Esse processo de educação envolve a construção de saberes e práticas entre a comunidade e profissionais de saúde. O intuito é fazer com que cada vez mais tenhamos ações conscientes para melhorar a saúde no cotidiano.

A ideia Educação em Saúde enfatizada nesse livro vai muito além de falar em doenças, mas aborda um conceito amplo, que extrapola o não-adoecer e as relações verticais entre profissionais e usuários. Trata-se de uma concepção ampliada em saúde e de seus determinantes sociais, para uma construção coletiva do cuidado.

Nessa perspectiva, um coletivo de docentes e discentes de Estágio Curricular Supervisionado II, III e IV, da disciplina de saúde coletiva do Curso de Enfermagem de Pau dos Ferros, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), organizou esta coletânea com o objetivo de fomentar o debate sobre a importância da educação e das práticas nas comunidades para a formação em saúde. A partilha posta em cada capítulo visa fortalecer a articulação e o diálogo entre ensino-serviço-comunidade e socializar as experiências bem-sucedidas realizadas nos serviços que se constituem campo de estágio e de práticas para os alunos em formação.

Assim, surgiu o presente livro com 25 capítulos, que trazem as experiências de práticas e vivências de educação em saúde, permeado por metodologias diversas, mas com a finalidade em comum de promover reflexões teórico práticas relacionadas ao processo de educação em saúde, o trabalho em saúde e as estratégias de diálogo entre a universidade e a comunidade.

Captura de tela 2024-03-16 131148.png

Clique e faça o download

Screenshot_41.jpg

O livro “Educação Popular em saúde: experiências e perspectivas”, foi semeado ao longo da formação em enfermagem, no semiárido potiguar, por muitas mãos, pessoas esperançadas e motivadas em apreender e trocar saberes com a comunidade, com os trabalhadores e as trabalhadoras de saúde, com a academia, com a sociedade, com os cidadãos e cidadãs.

A premissa da educação popular em saúde (EPS) é que o conhecimento é compartilhado, numa relação dialógica em que os participantes envolvidos possuem saberes, construídos ao longo da sua história de vida, no seu caminhar, através das suas relações sociais e culturais. Esses conhecimentos/saberes devem ser considerados, como um canal para novos conhecimentos, possibilitando a sua construção ou reconstrução a partir da reflexão do homem sobre o mundo, com o objetivo de problematizar sua realidade, por meio de uma aprendizagem crítica.

Nessa perspectiva, um coletivo de docentes e discentes de Estágio Curricular Supervisionado I e II, do Curso de Enfermagem de Pau dos Ferros, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), organizou a I Mostra de Educação em Saúde do CAPF no Semiárido Norte-Rio-Grandense, realizado em 20 de setembro de 2022.

Os objetivos da mostra foram fomentar o debate sobre a importância da Educação Popular na formação em saúde, fortalecer a articulação ensino-serviço-comunidade e socializar as experiências bem-sucedidas em EPS, realizadas nos serviços que se constituem campo de estágio e de práticas para os alunos em formação.

Como resultado dessa mostra, surgiu o presente livro com 20 capítulos, que trazem na sua essência experiências de práticas e vivências educativas popular, com metodologias diversas mas, com a finalidade em comum de contribuir com as realidades nas quais esses atores sociais se inserem, na perspectiva de caminhar em direção à promoção em saúde, minimizar agravos e potencializar vínculos entre formação e comunidade.

Nos acompanhem na leitura e no esperançar!

As organizadoras e os organizadores.

Clique e faça o download

1.jpg
3.jpg
4.jpg

A coleção acima tem por objetivo discutir aspectos que envolvam ensino de língua e literatura em suas várias perspectivas é um dos compromissos do presente livro, que surgiu da necessidade de repensar os processos formativos como base dos Programa de Pós-Graduação em Linguística e Ensino da  Universidade Federal da Paraíba – UFPB e o Programa de Pós-Graduação em Ensino da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – PPGE/UERN – Pau dos Ferros – RN. De modo mais específico, do componente Linguística Aplicada, ministrada pelo professor Doutor Henrique Miguel de Lima Silva, no ano de 2021, resultando nas diversas pesquisas aqui compartilhadas.

Clique e faça o download

Perspectivas do cuidado4.jpg

O livro “Perspectivas do cuidado no contexto da segurança do paciente” aborda a Segurança do Paciente na perspectiva do cuidado em saúde, no contexto da integralidade, com foco na prevenção de riscos de todos os envolvidos no processo do cuidado.

A segurança é uma temática a ser trabalhada e conhecida em todos os setores de prestação de serviços, sobretudo na área de saúde, na qual seus usuários apresentam demandas de cuidados, que requerem dos profissionais habilidades e competências para uma atuação crítica e objetiva, com foco na prevenção de riscos.

De tal modo, instituições que têm por foco de atuação a prestação de cuidados devem atuar com foco na constituição de uma cultura de segurança, com promoção de meios pelos quais os profissionais possam atuar de forma coerente, com habilidades e competências e com práticas baseadas em evidências científicas. Formações continuadas e embasamento técnico-científico são elementos cruciais para a consolidação de uma cultura de segurança institucional.

O Hospital Universitário Júlio Bandeira - Ebserh-UFCG prioriza tais ações, dentre as quais, a promoção, anual, de eventos científicos, como foi o “III Congresso de Gestão da Qualidade e Segurança do Paciente do Hospital Universitário Júlio Bandeira/Ebserh-UFCG”, realizado no ano de 2022, do qual emergem os capítulos que nesta obra estão dispostos.

A presente obra estrutura-se em treze capítulos, que apresentam uma perspectiva multidisciplinar, de pesquisadores dos mais diversos estados do nosso País, que abordam a temática à luz da ciência, no fomento a uma base de pesquisa para profissionais, com o objetivo de contribuir para uma cultura de segurança do   paciente.

Desejamos a todos uma excelente leitura.

 

Os organizadores.

Clique e faça o download

Cópia_de_segurança_de_Ciências da saúde.jpg

A presente obra já contempla o tripé do ensino superior: ensino; pesquisa e extensão, além de promover divulgação científica. Além disso, contempla pesquisas interinstitucionais, contemplando as regiões Norte e Nordeste do Brasil.
Contudo, antes de discutir a obra propriamente dita, faz-se necessário parabenizar os organizadores e os colaboradores que, mediante inúmeras reuniões e discussões, conseguiram contemplar às ciências da saúde de modo interdisciplinar e ainda dialogar entre nos níveis da graduação e pós-graduação lato e stricto sensu.
Voltando ao contexto da presente obra, pode-se afirmar que as discussões de diversos pesquisadores do campo das ciências da saúde contemplam investigações teórico-práticas, oferecendo ao leitor um panorama sobre saúde da mulher; diabetes; neonatologia; síndromes decorrentes de excesso de trabalho e conhecimento de profissionais da educação sobre primeiros socorros. Além disso, contempla problemáticas contemporâneas por meio de discussões inéditas.
Dessa maneira, ressalta-se os ricos detalhes de presente obra e, sobretudo, a organização coerente do livro com as demandas sociais vigentes. As pesquisas contidas neste compêndio perpassam o campo da teoria e desdobram-se na práxis profissional em perspectiva interdisciplinar. Por este motivo, constitui-se maior contribuição na compreensão didática de teorias, promovendo a releitura das problemáticas de saúde aqui discutidas.


Profa. Dra. Tereza Sophia Jácome Pires
Universidade Federal da Paraíba – UFPB
Departamento de Psicopedagogia - DPp

Screenshot_1.jpg

O Grupo de Pesquisa Latics, da Universidade Federal de Campina Grande,
campus Cajazeiras-Paraíba e Universidade Federal da Fronteira Sul, campus
Laranjeiras do Sul-Paraná, há sete anos contribui com o processo formativo de
graduandos de diversos cursos a partir de uma perspectiva interdisciplinar ao articular
principalmente as grandes áreas da saúde e do ensino. O Latics trabalha em especial
com a solidificação de tecnologias cuidativo-educacionais, com vistas ao
empoderamento de todos os atores envolvidos no processo de compartilhar novos
saberes em saúde.
Como o percurso para a consolidação dos espaços de promoção da saúde
ampliado ainda encontra obstáculos para a sua real implantação e implementação,
nota-se a necessidades de discussões que abordem a interdisciplinaridade do cuidado,
observando o sujeito, família e comunidade a partir das suas reais necessidades de
saúde, bem como coparticipantes na elaboração dos planos de cuidados, os quais, com
base nessa articulação horizontal entre quem cuida e quem é cuidado, poderá facilitar
o empoderamento desses atores sociais e, por sua vez, o estabelecimento de ações
cuidativa éticas, altruístas e colaborativas.

 

Os autores

Clique e faça o download

Screenshot_2.jpg
Screenshot_1.jpg

Os recém-nascidos, crianças e adolescentes são particularmente vulneráveis às diversas doenças e agravos, muitos dos quais podem ser efetivamente prevenidos ou tratadas.

          A atenção à saúde da criança e adolescente pressupõe ações de promoção à saúde, prevenção de agravos, tendo como compromisso promover qualidade de vida para que esses possam alcançar crescimento e desenvolvimento saudável.

Nos últimos anos no Brasil, resultado de diversas políticas de saúde, como a ampliação da cobertura da Estratégia Saúde da Família, que contribuiu para a melhoria do acesso à saúde e outros programas com ações voltadas para os eixos da pediatria e hebiatria, fizeram com que a taxa de mortalidade diminuísse significativamente. No entanto, estas fases da vida continuam sendo períodos muito negligenciados para a prestação de cuidados de saúde de qualidade.

Para apoiar os saberes e práticas interdisciplinares o e-book vislumbra impulsionar a pesquisa voltados a diversas áreas que se interligam, no fortalecimento da assistência a crianças e adolescentes.

Convidamo-los, portanto a adentrar nesse mundo que traz uma contribuição relevante e com a importância de organizar os serviços de saúde em busca da melhoria e da qualidade da assistência ofertada à população envolvida.

 

 Francisco Naildo Cardos Leitão

Ocilma Barros de Quental

             O Primeiro Simpósio de Pediatria do Alto Sertão Paraibano, ocorreu em setembro de 2021, de forma virtual e foi uma iniciativa da Gerência de Ensino e Pesquisa da instituição, com o apoio de todos que fazem parte dessa unidade hospitalar.

Com o objetivo de disseminar as práticas pediátricas de forma atualizada e didática, o evento contou com a participação de mais de 1500 inscritos, nas modalidades estudante e profissional, no intuito de ampliar a compreensão, e fortalecer as práticas no manejo das principais enfermidades que acometem as crianças e adolescentes.

             Este livro tem o objetivo de retratar as principais doenças clínicas e emergências pediátricas discutidas no simpósio. A obra traz a essência de diversos “personagens” – a maioria profissionais que trabalham diariamente no Hospital Universitário Júlio Bandeira localizado na Cidade de Cajazeiras-Paraíba. Personagens que muitas vezes estão diante de casos difíceis e com dificuldades para realização de exames mais complexos. Personagens que se dedicam ao trabalho e que utilizam da história clínica e de um exame físico bem realizado para o manejo clínico adequado dos nossos pequenos clientes.

             Cajazeiras é um município situado na extremidade ocidental do Estado da Paraíba- ocupa uma área de 563 km2 e sua população, conforme IBGE 2020, é de 62.289 habitantes, sendo o oitavo município mais populoso da Paraíba. Encontra-se a 475 quilômetros da capital do Estado, João Pessoa. O Hospital Universitário Júlio Bandeira localiza-se na cidade de Cajazeiras sendo referência no atendimento de Crianças e Adolescentes da Nona Gerência de Saúde. O Hospital possui uma equipe multidisciplinar composta por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, nutricionistas, assistentes sociais, farmacêuticos, fonoaudiólogos, terapeuta ocupacionais, psicólogos, fisioterapeutas – que juntos organizaram o Primeiro Simpósio de Pediatria do Alto Sertão Paraibano.

        Portanto, o evento e a presente obra foram construídos por uma equipe que sabe que “juntos somos mais fortes” ...equipe essa que deseja ver seu crescimento, seja você estudante ou profissional da área de saúde. Assim, os capítulos foram traçados de forma simples e prática, a fim de facilitar o entendimento do leitor.

 Desejo que vocês aproveitem cada página escrita e que conseguiam curar e aliviar o sofrimento de muitas crianças.

                        Suelenn Magalhaes Meneses

Médica Pediatra - HUJB

Clique e faça o download

Viver livre da violência é um direito assegurado a todos seres, e nesse ínterim destacam-se  as mulheres, que mesmo com “o  direito” assegurado na nossa Constituição Federal e na Lei Maria da Penha, ainda vivenciam diversas situações que envolvem a violência ( que acontece em casa, na intimidade do lar), na maioria das vezes cometida na presença de crianças e por alguém com quem se tem (ou se tinha) uma relação de confiança, afeto e afinidade. 
Perceber-se vítima da violência doméstica e familiar não é fácil, sendo o apoio, humanização, o cuidado e a assistência, pontos fundamentais para o enfrentamento e tomada de decisões futuras.
    A importância dessa cartilha, que nos dá informações sobre os tipos de violência, como agir e onde buscar ajuda. 
O objetivo dessa cartilha é disseminar o conhecimento e fortalecer a rede de atendimento, integrando as ações e serviços, visando minimizar/ erradicar a violência contra mulheres e permitir que todas tenham acesso à informação e ao acolhimento humanizado sempre que precisarem. Esperamos que esse material possa contribuir com as/os profissionais que na linha de frente de atendimento para que juntos possamos construir uma sociedade mais justa e igualitária para mulheres.

 

Dra. Ocilma Barros de Quental

Faculdade Santa Maria

Ebook Violência contra a mulher (1).png
Screenshot_7.jpg

Clique e faça o download

 É com enorme alegria e grande satisfação que trazemos à luz o volume I, resultante do I Simpósio de Pediatria do Alto Sertão Paraibano – Atualidades em Saúde da Criança e do Adolescente – intitulado “ASSISTÊNCIA DE SAÚDE À CRIANÇA: múltiplas perspectivas”.

A obra integra o escopo da missão institucional “ENSINAR PARA TRANSFORMAR O CUIDAR”, e nesse ínterim o hospital está sempre preocupado com o ensino, oportunizando dentre as diversas práxis desenvolvimento de ações que rompem fronteiras e multiplicam saberes.

Destacamos que a pediatria é uma especialidade médica que trata da assistência à criança e ao adolescente, nos seus diferentes aspectos, seja por ordem preventiva, seja por ordem curativa, em que a falta de um pediatra, especialmente de um pediatra bem formado e capacitado, modifica a vida de uma pessoa, abre uma lacuna irrecuperável.

 Cuidar de crianças enfermas agudas e cronicamente, tratar, curar, receber pacientes e suas famílias são desafios que exigem grande capacidade, fundamentas em conhecimentos e atitudes.

 Neste sentido, montamos um e-book, com 10 capítulos, os quais convidam aos leitores a repensar e fortalecer as ações técnicas e assistenciais. As informações englobam a atuação multiprofissional em vários contextos que envolvem a criança hospitalizada, a partir da apresentação e discussão de diversas enfermidades infantis, onde o conteúdo teórico e o aprendizado também podem ser definidos na apresentação dos capítulos, com atualização da abordagem diagnóstica e intervenção terapêutica e as melhores evidências científicas.

            Esperamos que a obra possa contribuir de forma efetiva!

Boa leitura!!!

Francisco Naildo Cardoso Leitão

Ocilma Barros de Quental

prevenção, cuidado e educação em saúde4.jpg

Falar em saúde pressupõe conhecimento e compreensão da sua concepção de bem-estar
biopsicossocial e que, portanto, requer dos profissionais envolvidos um olhar amplo e
focado, sobretudo no que envolve a mais plena objetividade quanto a esse completo sentido da
saúde e a sua capacidade de promovê-lo, através de ações preventivas, protetivas e curativas.
Caro leitor, a partir da leitura da presente obra é possível entender o cuidado em saúde
sob diversos contextos, sob a perspectiva de profissionais que atuam nos mais diversos estados
do nosso país, proporcionando, pois, uma riqueza de reflexões que permitirá uma melhor
visualização do que consideramos ser primordial para o processo de prevenção, proteção e
garantia da saúde nos seus múltiplos e complexos processos de execução, desde a atenção
básica ao contexto hospitalar de média e alta complexidade,
Trata-se, pois, de uma coletânea de textos independentes que tratam, em um âmbito
geral, do processo de cuidar em suas distintas nuances e sob o atendo olhar de diversas áreas
e em múltiplos processos contextuais, um verdadeiro presente para profissionais, estudantes
e interessados na área da saúde.
Sintam-se convidados a uma leitura informativa, reflexiva e potencial disparadora de
mudanças nos processos do cuidar.

2.jpg

Clique e faça o download

Um dos grandes desafios da humanidade sempre foi controlar, reduzir os efeitos ou eliminar os sofrimentos causados pelas enfermidades. A saúde de uma população não depende apenas dos serviços de saúde e do uso dos medicamentos. Entretanto, é inegável sua contribuição e a importância do medicamento no cuidado à saúde. Como uma ação de saúde pública e parte integrante do sistema de saúde, a Assistência Farmacêutica é determinante para a resolubilidade da atenção e dos serviços em saúde e envolve a alocação de grandes volumes de recursos públicos.

Nesse ínterim, o Ministério da Saúde a partir da implantação da Política Nacional de Medicamentos (Portaria GM N° 3.916/98), passou a orientar todas as ações no campo da política de medicamentos do país, atribuindo aos gestores e profissionais do SUS o desafio da estruturação da Assistência Farmacêutica.

As ações desenvolvidas nessa área não devem se limitar apenas à aquisição e distribuição de medicamentos exigindo, para a sua implementação, a elaboração de planos, programas e atividades específicas que garantam o uso racional de medicamentos e a inserção efetiva e eficiente da assistência farmacêutica como ação de saúde

Com os tópicos apresentados nesse livro, o Hospital Universitário Júlio Bandeira espera contribuir para que os gestores e profissionais farmacêuticos conheçam um pouco mais sobre o tema, com ênfase na gestão do cuidado farmacêutico, componente extremamente importante para a utilização racional dos recursos humanos, financeiros, intelectuais e tecnológicos.

Despedimo-nos e desejamos a todos uma ótima leitura!

 

Dr. Wemerson Neves Matias

Chefe do Setor de Gestão da Pesquisa e Inovação Tecnológica

HUJB/UFCG/EBSERH

Esta edição do livro GESTÃO EM SAÚDE: DIVERSIFICAÇÃO, TENDÊNCIAS E APLICABILIDADE DA QUALIDADE NOS SERVIÇOS, reveste-se de uma importância extraordinária por três ordens de razões: pela atualidade do seu conteúdo, pela sua natureza colaborativa e pela capacidade que tem para unir culturas. Com efeito, o conteúdo a obra tem uma enorme atualidade, por tratar de um tema emergente da saúde à escala global, o da aplicabilidade da gestão. Tema com implicações técnicas, morais, de reputação e económicas, e sobre o qual a Organização Mundial de Saúde (OMS) tem protagonizado inúmeras iniciativas.
Inspirado no CONGRESSO DE GESTÃO DA QUALIDADE E SEGURANÇA DO PACIENTE, apoiado pelo Hospital Universitário Júlio Bandeira – HUJB/UFCG/EBSERH, instituição que na mesma linha, vislumbra a gestão numa perspectiva integrada e colocando a ênfase para a sua promoção, nos sistemas de saúde.
A obra tem uma missão definida, de difundir e evidencias relacionadas a gestão
em saúde na ampla tendência de incorporar a qualidade aos serviços de saúde.
Desejamos uma ótima leitura!


Ocilma Barros de Quental
Symara Abrantes Albuquerque de Oliveira Cabral

Trabalho.jpg

Clique e faça o download

A obra reúne uma coletânea de artigos que dialogam sobre as condições de
saúde e segurança do paciente e, principalmente, do trabalhador em saúde. Trata-se
de um projeto resultante do esforço conjunto de alunos e colaboradores do Hospital
Universitário Júlio Bandeira (HUJB-UFCG/EBSERH), que no seu cotidiano de campo
de estágio e de trabalho, observaram os efeitos que o trabalho desencadeia sobre a
qualidade de vida e saúde do profissional, e sobre a segurança do paciente.


Joele Marques de Souza
Osvaldo Rui Dias Martins Filho


Clique e faça o download

Clique e faça o download

Capa (5).jpg

Impossível dissociar os processos de cuidado e prevenção com a educação em saúde, eles juntos caminham no tocante à atenção integral e na sua qualificação, embasando e sistematizando a assistência de modo geral.

A partir da leitura deste livro, você terá a oportunidade de conhecer e refletir sobre as abordagens da educação em saúde como elemento fortalecedor das práticas assistenciais a partir, sobretudo, de experiências vivenciadas no país.

O principal propósito foi apresentar conceitos a partir de temas relevantes e trazer situações que os aproximam do seu dia a dia como profissional de saúde no contexto hospitalar.

Para tanto, não basta que estudantes e profissionais de saúde tenham domínio e apliquem, isoladamente, os seus saberes profissionais específicos. É necessário somar saberes para dar respostas efetivas e eficazes aos problemas complexos que envolvem a perspectiva de viver com qualidade.

Este material é composto por um conjunto de textos independentes uns dos outros, de maneira que os profissionais e educadores possam utilizá-los como base, a partir das necessidades e do percurso específico. Assim, é possível encontrar textos produzidos especialmente para este livro, que buscam dialogar com o leitor de forma mais didática, mas com distintas maneiras de apresentar seus temas.

capa (3).jpg

O livro “A Segurança do Paciente: uma visão multidisciplinar sob o prisma do cuidado” é uma obra que aborda temas relacionadas à segurança do paciente, componente estrutural que tem se destacado nos processos de trabalho assistenciais e na gestão da qualidade de serviços de saúde, tendo o paciente como foco principal. Nos processos de trabalho das instituições de saúde, a cultura de segurança do paciente consiste em desenvolver ações/atividades que objetivam reduzir riscos ao paciente durante sua permanência no serviço, cuidados que variam desde a sua identificação correta até a garantia de segurança na realização de procedimentos cirúrgicos. A cultura de segurança do paciente deve ser implementada de forma que os profissionais de saúde sejam motivados a praticá-la, sem a culpabilidade que pune o profissional que erra, mas, que favorece a aprendizagem institucional sobre o tema, para evitar erros futuros. Campanhas como “Semana de segurança do paciente” e afins são fundamentais na sensibilização de gestores, profissionais e pacientes acerca da necessidade de prestar assistência de forma segura com o mínimo de riscos aceitáveis ao paciente. Neste sentido, destaca-se a realização do “I Congresso de Gestão da Qualidade e Segurança do Paciente do Hospital Universitário Júlio Bandeira/Ebserh-UFCG e I Workshop de Infraestrutura Física: a arte de gerir obras públicas e manter edificações hospitalares” realizado no mês de abril/2021. O evento promoveu grandes debates entre estudantes, profissionais, gestores e palestrantes de renome nacional, e como um de seus frutos originou-se também este livro, que representa um marco para a assistência, o ensino e a pesquisa do HUJB, uma obra estruturada em 10 capítulos de fácil leitura que se complementam com perspectivas atuais referentes a segurança do paciente sob a ótica do cuidado multiprofissional.


Cicero Emanoel Alves Leite
Edineide Nunes da Silva

Clique e faça o download

Este livro foi elaborado para contribuir com o ensino e o processo de aprendizagem com o objetivo de reunir as principais experiências exitosas no ensino remoto em saúde, principalmente em tempos de pandemia. Ao considerar o cenário epidemiológico de pandemia pelo Novo Coronavírus em que o mundo se encontra, quando os professores precisaram, de forma emergencial, aprender e até mesmo desenvolver estratégias pedagógicas que auxiliem no processo de aprendizagem com o objetivo de minimizar as dificuldades enfrentadas pelo distanciamento social.

Dessa forma, os integrantes do Laboratório de Estudo e Pesquisas em Educação e Saúde, sob a condução da Profa. Dra. Diana Paula de Souza Rego Pinto Carvalho, vinculados ao Programa de Pós-Graduação em Ensino, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, organizaram o I Simpósio Interdisciplinar em Ensino e Saúde, ocorrido no período de 9 a 11 de junho de 2021, na modalidade remota. É nessa perspectiva que o Livro Experiências Exitosas no Ensino Remoto em Saúde: múltiplos olhares, foi desenvolvido, a partir dos trabalhos submetidos à comissão científica do evento para compor os 12 capítulos, que foram cuidadosamente selecionados dentre os trabalhos apresentados.

Siena Ilustração de Napoleão Capa de Livro (3).png

Clique e faça o download

O livro “interfaces e tendências em saúde no Brasil’ reúne uma coletânea de textos atualizados sobre diferentes aspectos da vigilância em saúde e segurança do paciente. Esses artigos foram criteriosamente selecionados a partir da apresentação de trabalhos científicos apresentados no I Congresso de Gestão de Qualidade e Segurança do Paciente e I Workshop de Infraestrutura Física: a arte de gerir obras públicas e manter edificações hospitalares”, promovido pelo HUJB/UFCG/EBSERH, e realizada na modalidade online, em abril de 2021. O grande atrativo e diferencial dessa obra está na interlocução e diálogo entre os diferentes saberes que envolvem a vigilância em saúde e o cuidado ao paciente, fatores estes que impactam diretamente na qualidade da assistência prestada aos indivíduos e coletividades nos diferentes níveis de complexidade. Trata-se de um processo contínuo e sistemático relacionado às práticas de atenção e promoção da saúde que integram diversas áreas de conhecimento.
Assim, os capítulos apresentados nesta obra se complementam e dialogam entre si, permitindo ao leitor entender a vigilância em saúde como uma tecnologia de intervenção indispensável para proteção da saúde com impacto positivo das condições de vida e bem-estar social.


Ariadne Pereira Pedroza
Renata Layne Paixão Vieira

Capa (1).jpg

Um dos principais pilares de sustentação de uma instituição de ensino superior, é a pesquisa científica, sendo através desta o fomento à produção e disseminação de conhecimento no país. O contexto atual nos apresenta o quanto é importante disseminar descobertas, refletir novas possibilidades de tratamento de doenças, construir o pensamento crítico da realidade, pensar o passado para rever perspectivas atuais e futuras, facilitando e aproximando o desenvolvimento das capacidades intelectuais, para a formação continuada e, sobretudo, a produção científica como fator indissociável para a universalidade do campo do saber, do fazer ciência e, portanto, comunicá-la à sociedade se faz necessário. A publicação científica é importante no início da carreira de qualquer pesquisador. Para cada etapa, deve se ter uma celebração, que serve não somente de reconhecimento de mérito, mas também de estímulo para que a caminhada continue. É com base nessa assertiva e na necessidade de ampliar a cultura da pesquisa, que surgiu a obra intitulada “ABORDAGEM MULTICONTEXTUAL DA SAÚDE BASEADA EM EVIDÊNCIAS”. O conjunto de textos, que compõe a presente edição, é fruto da construção de manuscritos delineados por graduandos de Enfermagem e Medicina nos seus trabalhos de conclusão de curso, etapa a qual o estudante transcende a sala de aula e a parte para horizontes ainda pouco explorados no mundo acadêmico científico.


Francisco Naildo Cardoso Leitão
Ocilma Barros de Quental

capa (2).jpg

Clique e faça o download

Clique e faça o download

Livro liga.jpg

Os Coronavírus é um grupo de vírus que apresenta um material genético em seu interior protegido por um envelope proteico. No final de 2019, foi descoberto um novo vírus desse grupo na cidade de Wuhan, na China. O vírus foi identificado como SARS- CoV-2 e a doença provocada por ele ficou conhecida por COVID-19, do inglês Corona Virus Disease. Em março de 2020, a Organização Mundial da Saúde
caracterizou essa infecção como pandemia, devido à alta frequência de casos notificados em vários países do mundo. Desde então, o impacto global da pandemia impulsionou cientistas a realizarem pesquisas com enfoque nesse vírus e na sua infecção, para fornecer aos profissionais de saúde e a população esclarecimentos pertinentes e meios de condutas para prevenção e proteção individual e coletiva diante desse emergente cenário. A Liga Acadêmica de Bioquímica (LAB), pertencente a Universidade Federal de Campina Grande, do Centro de Formação de Professores (UFCG-CFP) por meio da rede social Instagram, vem divulgando produções textuais científicas no contexto da COVID-19, objetivando informar e romper com a barreira presente entre a população geral e a ciência. Essa ação é exaltada diante do contexto de frequentes notícias falsas e sem embasamento científico que são veiculadas nos meios digitais. Tal realidade põe em risco medidas de proteção à população, já que informam alternativas inverídicas de cuidados e curas, deixando em segundo plano as medidas preconizadas por pesquisadores e equipes de saúde. Dado esse quadro agravante ao bem-estar social, os integrantes da LAB viabilizaram neste documento todos os textos que já foram disponibilizados no perfil @labufcgcz, assim como material inédito, vislumbrando colaborar com a divulgação científica para a população em geral.

Hélida Maravilha Dantas e Sousa Almeida
Mestra Raquel Fragoso Pereira Cavalcanti

Nenhum ano letivo é igual ao outro, isso todos nós sabemos. Porém, o Coronavírus transformou 2020 em um ano diferente na história da educação, alguns diriam um ano “anormal”, um ano atípico.
Com o mundo em quarentena e as escolas fechadas, dúvidas e angústias invadiram estudantes, professores, famílias e gestores. Ao pensar em você, professor(a), esta cartilha pretende auxiliar nesse cenário desafiador do processo ensino-aprendizagem de forma remota.
Em suma, a cartilha “amar, aprender e ensinar em tempos de pandemia: um desafio para todos” busca sensibilizar professores na adesão às práticas pedagógicas que valorizem a aprendizagem afetiva, de forma que seus alunos adquiram conhecimento sobre as competências socioemocionais primordiais para o desenvolvimento biopsicossocial deles.
Objetivos da cartilha:

  • Esclarecer sobre a relevância das competências socioemocionais no ensino remoto.

  • Constituir um material de consulta do professor na promoção da aprendizagem afetiva.

  • Sugerir propostas de atividades para trabalhar sentimentos como o medo e a ansiedade, que se intensificaram com o distanciamento social e a crise causada pela COVID-19.

Esperamos que este material pensado e desenvolvido com toda
atenção e respeito que o tema requer, seja utilizado por vocês,
docentes, nas suas práticas diárias.
Uma excelente leitura!

Rozane Pereira de Sousa

Diana Paula de Souza Rego Pinto Carvalho

Screenshot_25.jpg

Clique e faça o download

Clique e faça o download

Clique e faça o download

Capa (14).jpg

O cuidado integral à saúde ainda tem tendência de ser aplicado no contexto do público feminino, considerando toda a questão histórica, cultural e as vulnerabilidades desse segmento social, bem como as suas necessidades de saúde. Por outro lado, a população masculina destaca-se nesse cenário de saúde por apresentar os piores indicadores de morbimortalidade e culturalmente baixa adesão à procura por serviços de saúde para prevenção e autocuidado.
Nesse contexto, as ações voltadas a esse contingente populacional têm direcionado a sua atenção para a campanha novembro azul, mês dedicado à disseminação de informações sobre a saúde do homem e prevenção contra doenças, sobretudo o câncer de próstata. Isso porque, de acordo com o INCA, no Brasil, esse é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens, estimando-se que surjam 65.840 novos casos a cada ano. Além da idade, genética e raça negra, destacam-se como fatores de risco associados ao desenvolvimento do câncer de próstata, questões ligadas ao estilo de vida como o excesso de gordura corporal resultante do sedentarismo e consumo elevado de alimentos com alta densidade energética. Assim, observa-se que as ações direcionadas para a prevenção do câncer de próstata englobam o diagnóstico precoce, além da mudança no estilo de vida, alicerçado pela atuação de diferentes profissionais da área da saúde, como médicos, nutricionistas, fisioterapeutas, educadores físicos, dentre outros.
Considerando essa dimensão de integralidade, “O homem e sua saúde: um prospecto da atenção integral e sua importância” constitui-se uma obra que apresenta excelente fonte de leitura, capaz de atrair o leitor a despertar sua atenção para a relevância de tratar a saúde do homem como sendo complexa, exigindo, portanto, abordagem integral e multidisciplinar. Nesse sentido, essa obra apresenta capítulos que vão desde o papel da alimentação na quimioprevenção ao câncer de próstata até estudos sobre a mortalidade por tipos específicos de câncer na população masculina. Este material consiste em uma coletânea de textos, selecionados a partir dos melhores trabalhos apresentados no I Simpósio de Atenção Integral à Saúde do Homem do Hospital Universitário Júlio Bandeira (HUJB), realizada na modalidade online, em novembro de 2020.


Renata Layne Paixão Vieira
Chefe da Unidade de Nutrição Clínica – HUJB/EBSERH
Petrônio Eduardo de Andrade Barbosa
Cirurgião Geral- HUJB/EBSERH

Clique e faça o download

capa (13).jpg

Mais do que alertar para o câncer de mama, neste ano o Hospital Universitário Júlio Bandeira, localizado na cidade de Cajazeiras (HUJB), vinculado a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSER), optou por uma campanha do "Outubro Rosa" que aborda a saúde da mulher nos mais diversos aspecto, sobretudo no tocante a prevenção e proteção à saúde da mulher.
Entre encontros virtuais, as trocas e os saberes entrelaçados  constituíram obras literárias repletas de significado para a saúde da mulher e valorosa contribuição para comunidade acadêmica e científica.
Os livros digitais são gratuitos e trazem sugestões de mudanças de hábitos, que certamente podem ser um “divisor de águas” para aqueles que acreditam e praticam uma assistência qualificada.

 

Baixe o material, leia e compartilhe! Juntos, somos mais fortes!

Ocilma Barros de Quental
Symara Abrantes A. de O. Cabral

Clique e faça o download

capa (12).jpg

“Cuidados e atenção humanizada ao câncer ginecológico” é uma obra que tem por objetivo abordar, sob um olhar multiprofissional, essas neoplasias que podem levar as pacientes a labirintos por vezes de saídas dificultosas. Cada vez mais cedo temos visto mulheres com doenças oncológicas em diversos sítios (mama, vulva, ovários, paramétrios, colo de útero e útero), de modo que o acesso à informação representa um trunfo no enfrentamento e na busca por tratamento em tempo hábil.

O livro representa um marco para o ensino e pesquisa do Hospital Universitário Júlio Bandeira (HUJB), a partir de trabalhos apresentados na I Jornada de Combate ao Câncer Ginecológico do HUJB, realizado em modalidade online, entre 26 e 30 de outubro de 2020. A todos os leitores deixamos de presente esta publicação e todas as contribuições deste evento neste tema tão relevante contando que este sirva para engrandecê-los como pessoas e profissionais.

 

Ramiro Moreira Tavares

Médico Infectologista HUJB

Clique e faça o download

WhatsApp Image 2020-12-10 at 16.43.48.jp

Esta obra reúne textos de alunos dos Ensino Fundamental do Sistema Municipal de Ensino de Cajazeiras – PB. Crianças e adolescentes que mergulharam no universo sagrado da literatura, (re)descobrindo e pincelando cenas, tocando a harpa da emoção. A II Antologia de Poesias, Contos & Crônicas LERARTE resulta de produções literárias de 17 unidades de ensino, participantes do segundo concurso literário desse projeto, oportunizado em 2019 e com vistas a promover a formação de leitores e escritores das escolas públicas municipais, evidenciando a leitura e autoria como importantes instrumentos de participação social.
Prepare-se para uma viagem por diferentes temas, tendo como passaporte a singeleza e o deslumbramento presentes em cada escrito. Há versos e prosas sobre a paz, outros a respeito da cultura cajazeirense, afinal, quem nunca foi seduzido pelo Pôr do Sol no Açude Grande? Há também criações acerca dos encantamentos da leitura e pertinentes à cultura digital.

Uma ótima leitura! Boa viagem!

Abraão Vitoriano de Sousa 

Poeta, Professor e Coordenador do LERARTE

Clique e faça o download

capa (5).jpg

A vida evolui constantemente em uma velocidade que chega a impressionar, sobretudo no que envolve a área das ciências da saúde. Diariamente diversos novos estudos são publicados e fundamentam práticas baseadas em evidências, qualificando o processo assistencial.

            No âmbito da saúde da mulher tal evolução perpassa por todas as fases do ciclo vital, especialmente no que concerne ao cuidado voltado à gestante e puérpera. O gestar e nascem vem, ao longo dos últimos anos, sendo mais humanizado, e as mulheres cada vez mais empoderadas e autônomas, resguardando os direitos e desejos que envolvem o próprio corpo.

            O empoderamento feminino é crucial para o fortalecimento do autocuidado, fundamentando situações e condições de vida mais saudáveis, como o parto natural sem intervenções, bem como a prática do aleitamento materno, ambos com grande potencial protetivo para a saúde da mulher.  

             A presente obra apresenta experiências exitosas no âmbito da saúde da mulher, sobretudo no que concerne ao seu empoderamento, utilizando da educação em saúde como ferramenta de grande potencial. Os estudos elencados envolvem temáticas sobre a gravidez e amamentação bem como condições de saúde que desafiam a atuação profissional. Convidamos profissionais, estudantes e pesquisadores da área para desfrutarem de reflexões de profissionais de todo país, para que possam ser inspirados e, juntos, possamos transformar a saúde das mulheres.

Clique e faça o download

capa (3).jpg

A saúde da mulher é um contexto de discussão infindável, com suas diversas nuances e variadas abordagens que demandam olhares distintos que se complementam na busca pela melhor atenção à saúde.

          De tal modo, a presente obra perpassa por estudos que abordam as diversas fases da vida da mulher, desde a adolescência a vida adulta, versando sobre pressupostos conceituais e experiências que embasam uma plena reflexão acerca do contexto preventivo e sua importância.

          Em tal contexto, assuntos que envolvem a saúde da adolescente, planejamento reprodutivo, gravidez, acompanhamento pré-natal e puerpério são interpelados por condicionantes e determinantes de agravamentos, como embasamentos para uma reflexão de ações preventivas.

          A diversidade dos temas, bem como a multiplicidade de olhares multiprofissionais enriquecem a presente obra, destinada a estudantes, profissionais e estudiosos sobre o tema.

Clique e faça o download

Capa (4).jpg

O Brasil é um país peculiar, de dimensões continentais, com uma riqueza cultural inigualável, protegida e difundida, no perpassar dos anos, pelos mais de 200 milhões de habitantes. Sua extensão territorial determina múltiplas diferenças em diversos âmbitos, sobretudo no ambiental, bem como no social e cultural, alimentar e de adoecimento.  

Tal peculiaridade pronuncia-se como um colossal desafio ao planejamento estratégico de políticas públicas, sobretudo na área da saúde, levando-se em consideração que as diferenças culturais, sociais e ambientais agem como condicionantes e determinantes da saúde da população.

Diante de tais perspectivas é que, a partir da Constituição Federal de 1988, previu-se a descentralização da gestão e das políticas públicas de saúde no país, regulamentada pelas Leis 8.080 e 8.142, ambas de 1990. Tal descentralização permite a adequação da aplicabilidade de recursos direcionada às reais necessidades populacionais.

Aos profissionais de saúde, cabe o reconhecimento da multiplicidade de fatores que envolvem a saúde da população, sobretudo da mulher no âmbito nacional. De tal modo, a presente obra apresenta estudos de pesquisadores de todo território nacional, com distintas perspectivas que traduzem uma abordagem contemporânea da saúde da mulher.

Conhecer a realidade da saúde da mulher no Brasil contemporâneo é um exercício reflexivo que permite identificar lacunas assistenciais e potenciais de atuação de profissionais que pautam suas práticas na empatia.

capa (2).jpg

A saúde, entendida no contexto amplo de bem-estar biopsicossocial, demanda
dos profissionais e pesquisadores um olhar dinâmico e reflexivo que, por sua vez,
requer habilidades e competências que pressuponham ações efetivas que envolvam
prevenção, proteção e cuidados a saúde, especialmente da saúde da mulher.
Sabe-se que a mulher, diante de suas particularidades biológicas e sociais, está
vulnerável a agravos que podem impactar negativamente sua qualidade de vida e,
consequentemente, sua saúde, de tal modo que, no tocante a saúde pública, a mulher
é objeto de proteção e cuidado no âmbito das políticas instituídas. Entretanto, mesmo
com base legal constituída, importante se faz considerar que são amplos os fatores
capazes de afetar a saúde da mulher, especialmente no âmbito psicológico.
Dentre os fatores que atuam na gênese dos problemas e transtornos psíquicos
femininos tem-se a violência de gênero e o impacto das patologias, resultantes ou não
de tais processos de violência. De tal modo, a presente obra propõe um debate acerca
de processos patológicos ou físicos que podem influir negativamente na saúde da
mulher, trazendo o olhar de profissionais de diversas áreas e distintas instituições do
Brasil, ampliando o escopo da discussão em tela.

Capa Frente.jpg

Clique e faça o download

O conhecimento é elemento essencial para o empoderamento que, por sua vez, é fundamental para o autocuidado da população em geral, especialmente para a saúde da mulher, peculiar pelas diversas transformações ao longo da vida, que demandam adaptações e uma atenção biopsicossocial que envolva promoção, prevenção e cuidados à saúde feminina.

        O escopo da obra baseia-se na apresentação de estudos científicos, extremamente bem fundamentos, com abordagens que pressupõem lacunas e experiências com potencial de transformar a saúde da mulher em suas diversas fases da vida. Alguns dos estudos apresentados apresentam experiências exitosas que envolvem a educação em saúde, reafirmando o seu potencial transformador das práticas em saúde, capazes de inspirar novas ações que envolvam tal escopo.

        De tal modo, apresentamos uma obra dinâmica, tanto quanto aos temas abordados como pela multiplicidade de profissionais que a integram. Os diversos olhares proporcionam instigações reflexivas para estudantes, profissionais e estudiosos que, como nós, almejam a melhoria contínua da saúde da mulher.

Clique e faça o download

Clique e faça o download

capa covid.jpg

O advento da pandemia pelo novo coronavírus não deve ser considerado uma
surpresa para estudiosos da área da saúde, sabe-se que os impactos ambientais
provocados pelo homem resultam em consequências que fogem a falsa sensação
egocêntrica de controle do universo. Tal percepção egocêntrica permeia ações
imediatistas em detrimento das preventivas, de modo que o termo surpresa que
incoerentemente vem sendo utilizado, deve ser, na verdade, considerado quanto
despreparo. A saúde brasileira, infelizmente, não estava preparada para uma pandemia
de profundos impactos sanitários, econômicos e sociais.
Tais problemáticas constituem apenas o cume de um imensurável iceberg, um
problema sério e que tem, nesta obra, olhares sob diferentes âmbitos e por
profissionais de diversos lugares do Brasil, levando ao leitor informações que podem
subsidiar reflexões críticas que possam inspirar novos estudos locais e o planejamento
de ações que são tão necessárias no atual contexto vivenciado.

Clique e faça o download

Cartilha.jpg

Esta cartilha é fruto da inquietude dos autores/organizadores frente aos
inúmeros desafios impostos pela pandemia da COVID-19.
Tendo em vista a atual configuração da vulnerabilidade da saúde pública
mundial e nacional revelada pela disseminação do Coronavírus, identificam-se
múltiplos fatores que influenciam as perspectivas de sua resolução. Nesse sentido, o
prejuízo da pandemia no cenário da saúde coletiva e individual correlaciona-se, em
um processo de retroalimentação, com os danos socioeconômicos.
Acrescenta-se a esse contexto conturbado a presença de informações
falaciosas propagadas pelas mídias sociais, veículos de imprensa variados e/ou
agentes públicos, que contribuem para mitigar a construção de um entendimento
lógico e científico do problema. Assim, a população, submersa em Fake News, vê-se
insegura, acabando por adotar comportamentos errados alimentados pela
desinformação.
Em seu propósito geral, este trabalho visa a informar ao público-alvo acerca de
hábitos de higiene pessoal para evitar a transmissão do vírus, orientar sobre os
cuidados da saúde mental em tempos de isolamento social, alertar para a estreita
associação dos fatores socioeconômicos com as condições de saúde e, por fim,
combater as Fake News apresentando seu aspecto conceitual e funcionamento
danoso.
 

Clique e faça o download

Screenshot_2.jpg

A experiência docente tem revelado que, muitas vezes, há uma lacuna entre o
que um estudante de Língua Inglesa aprendeu no Ensino Fundamental e o que é
exigido dele no Ensino Médio. Isso é revelado, por exemplo, na dificuldade que muitos
alunos têm para ler textos explorados nos livros didáticos de Inglês do Ensino Médio.
Na tentativa de diminuir esse obstáculo, foi pensado no trabalho com provérbios, pois
são textos curtos, de fácil assimilação e de uso amplo, tendo um grande potencial para
auxiliar os estudantes de língua inglesa na aprendizagem de vocabulário e de
gramática.

Clique e faça o download

Clique e faça o download

Screenshot_1.jpg

Um livro é vida, é história que se desenha e se traduz em letras e imagens,
capazes de gerar no leitor sensações singulares. Foi com foco em tal pressuposto que
estimulamos os participantes autores desta obra para contribuírem cientificamente
com a área de saúde, apresentando ao público um conjunto de informações com base
em dados científicos e pela análise de dados epidemiológicos, para que se consolide
como fundamento bibliográfico para as mais diversas ações de planejamento em
saúde.
As melhores ideias nascem mesmo do casos, assim, as diversas páginas que
compõem a obra que você se dedicará a ler agora nasceram no período marcado por
incertezas e temores causados pelo COVID-19. Mas como bem aduziu Aldou Huxley
“eperiência não é o que acontece com um homem; é o que um homem faz com o que
lhe acontece”. Aproveitamos, pois, o período de distanciamento social, para
refletirmos, questionarmos, aprendemos, conhecermos e reconhecermos a
realidade das doenças infecciosas no nosso contexto de vida.
É, portanto, a consolidação do papel social e ético de diversos autores para a
comunidade em geral, oferecendo informações e conhecimentos que, quando
utilizadas coerentemente, podem basear ações preventivas com foco no controle da
emergência e reemergência de doenças que assolam a nossa população brasileira,
nordestina, paraibana e cajazeirense.
Aproveitem com carinho a obra que, com imensurável emoção,
apresentamos.

Screenshot_4.jpg

Clique e faça o download

A Sociedade e a linguagem são indissociáveis, não se concebe uma sem a outra. Pensar na língua enquanto aspecto profícuo é essencial, especialmente para os que a estudam.
A obra intitulada O ensino de línguas na atualidade: reflexos e vivência de ensinantes e aprendentes traz obras científicas elaboradas por acadêmicos, docentes e estudiosos da língua em seus diversos aspectos, usos e ensino.
Apresentamos uma obra inovadora, que traz em seu contexto diversas abordagens e experiências que podem refletir em mudanças de práticas, melhorias no ensino e uso da língua. Convidamos os leitores a refletirem sobre suas práticas com um olhar crítico, que sejam capazes de usar da cricitidade como ferramenta de melhoria constante e que, a partir de então, possam vivenciar novas experiências transformadoras.

Clique e faça o download

Clique e faça o download

Clique e faça o download

Clique e faça o download

bottom of page